domingo, 1 de novembro de 2009

Artes


















Girinário





COM A CONSTRUÇÃO DO GIRINÁRIO,O ALUNO VÊ NA PRÁTICA A METAMORFOSE E TODO O SEU PROCESSO;ASSIM É MAIS FÁCIL APRENDER SOBRE OS ANIMAIS.

PROFESSORA: CLAUSI ARTUSO DE MELLO

sexta-feira, 30 de outubro de 2009

ARTES ROUPA RECICLAVÉL








SEMANA DA CRIANÇA _ PROJETO

ESTADO DE SANTA CATARINA

S SECRETARIA DE ESTADO DO DESENVOLVIMENTO REGIONAL

GERÊNCIA DE EDUCAÇÃO,CIÊNCIA E TECNOLOGIA

EEB PROFESSORA SONIA ZANI

760001091770

PROJETO SEMANA DA CRIANÇA

Período de realização 05 á 16 de novembro.

JUSTIFICATIVA

A criança tem o direito de ser feliz, de ser valorizada, respeitada e amada. Ela passa a maior parte do tempo na escola, que por sua vez desempenha sua função social proporcionando à criança um ambiente feliz, acolhedor e amável.

OBJETIVOS

Promover, durante a semana da criança, atividades extraclasse, variadas e interessantes, visando dar a criança oportunidades de lazer e sociabilidade educativas

-Valorizar a criança

-Estimular a auto-estima

-Evidenciar direitos e deveres da criança

-Desenvolver o raciocínio-lógico, a expressão oral e corporal, a coordenação motora, a percepção auditiva e visual da criança

-Proporcionar jogos e brincadeiras

DESENVOLVIMENTO

-Gincana das cores

-Lembrancinhas

-Circuito de corridas

-Festival da Canção e dança

-Músicas

-Filme

-Brincadeiras dirigidas

-Mensagens

"A melhor maneira de tornar as crianças boas, é torná-las felizes."

6/10 – (Terça-feira – Dia de organizar as equipes da Gincana: é hora de fazer novos amigos...

Cada aluno recebeu uma fita e amarra no braço, e na hora do recreio as equipes deviam se encontrar e nomear os componentes que tinham a mesma cor de fita (azul, amarelo, verde, branco). Que agito, mas todos cumpriram a tarefa com sucesso.

Também no final da aula receberam pipoca.


07/10(Quarta_feira - Um dia para fazer a diferença...

Cada equipe se dirigiu até a quadra e se organizaram de forma diferente círculo fila, e aprenderam que devemos nos organizar e ouvir para que possamos realizar as atividades com sucesso.

Após todos juntos receberam suspiro (doce).

08/10(quinta-feira) – Vermelho, verde, amarelo, branco, azul!!!

Cada equipe apresenta seu grito de guerra:

VERMELHO- Hei, hei o vermelho vai vencer.

VERDE- Ei, ei, nos somos o verdão nós vamos ganhar e ser campeão.

AZUL- Passou, passou um avião e nele estava escrito que o azul é campeão.

BRANCO- Ho, ho, o branco é campeão

Ho, ho, o branco sai do chão!

AMARELO- Na bandeira estou presente nossa cor vamos marcar se todos participarem todos nós vamos ganhar.


09/10(Sexta-feira)- O brilho no olhar, o sorriso e as palmas marcaram o circuito de corridas!
A Alegria motivou os participantes

O lanche foi cachorro-quente, refrigerante e no final todos levaram para casa um livro e uma cesta com doces feita de dobradura.

13-10(Terça-feira)- Um dia doce e divertido...

Neste dia o algodão doce fez a alegria das crianças, e também teve o Festival da Canção e dança teve aproximadamente 40 candidatos.

14-10(Quarta-feira)- Viajar pela emoção de bons filmes!

Com um clima de cinema assistimos na aera coberto um filme Anastásia, Um faz de conta que acontece, com direito a pipoca e salada de frutas.

16-10(sexta-feira)- “Prá gente ser feliz, tem que cultivar as nossas amizades, os amigos de verdade”...

A cada atividade da Gincana das Cores as equipes recebiam uma parte de um quebra-cabeça e entregavam aos seus coordenadores e neste dia após as brincadeiras, um integrante de cada equipe tenta montar o quebra-cabeça, mas percebem que estão faltando peças, então todas as cores se juntão e percebem que com união é possível montar um lindo desenho e atrás estava escrito “NÓS PRECISAMOS UNS DOS OUTROS”.... E mais, palavras de carinho e solidariedade! Uma tarde inesquecível e uma lembrança para toda a vida...
O lanche foi picolé.

NOS BASTIDORES

Os professores do 1º ao 4º ano, se reuniram na hora do recreio e começaram surgir idéias do que fazer na SEMANA DA CRIANÇA, a primeira idéia que surgiu foi de nós realizarmos uma rifa onde o urso sorteado custou R$ 28,00 reais e os professores que contribuíram com R$ 3,50 centavos: TERE, JOSIANE, TÂNIA, VERIDIANA, VÂNIA, DELVAIR, LINDOLFO, CLAUSI.

Após os professores venderam 352 números da rifa. Com esse dinheiro foi adquirido:

- LIVROS R$ 105,00 REAIS (PAULO KLEIN)

- DOCES R$ 160,00 REAIS (DISTRIBUIDORA SABEDOTI)

- EMBALAGEM PARA PIPOCA R$ 4,80.

- FITA MIMOSA R$ 15,00 REAIS

- FRUTAS R$14,00 REAIS (CANTU)

- PALITO PARA O ALGODÃO DOCE R$15,00 REAIS.

TOTAL DE R$ 323,80 CENTAVOS.

SOBRARAM R$ 32,70 CENTAVOS.

Também tivemos a idéia de mandarmos ofícios para instituições que poderiam proporcionar aos nossos alunos algo diferente, então a ATP Vania e a Prof. Clausi redigiram e enviaram vários ofícios, tivemos resposta positiva de vários colaboradores que foram: MASSOCA ( PICOLÉS)

CANTU ( BANANA E MAMÃO)

PROF(A) CRISTINA (MAQUINA DE ALGODÃO DOCE)

JCI- CÂMARA JUNIOR (REFRI, SALCICHA, PÃO, PACOTE DE DOCES).

Também na escola tivemos vários colaboradores Édina, Delvair, Lindolfo, José Vitor , Marlene, Tere, Vânia, Joziane, veridiana, Clausi ,Tânia, Edjane,Roseli,Zélide.

AVALIAÇÃO

A avaliação deve buscar entender o processo de cada criança e a significação que cada trabalho comporta. A observação do grupo, além de diária e constante, deve fazer parte de uma atitude sistemática do professor dentro do seu espaço de trabalho.

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Gincana Dia Da Criança Primário












video video

Prof.Clausi_Primário-Livrinhos


INCENTIVAR A PRODUÇÃO DE TEXTO É O OBJETIVO DESSA ATIVIDADE,POIS EM QUADRINHOS DA POMBA VICENTINA FAZ O ALUNO PENSAR SOBRE A AMIZADE, O COLEGUISMO E O RESPEITO DE QUE DEVE HAVER ENTRE SERES HUMANOS E NATUREZA.

Professora: Clausi Artuso De Mello

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Artes_Mosaico

















Mosaico ou arte musiva, é um embutido de pequenas peças (tesselas) de pedra ou de outros materiais (vidro, mármore, cerâmica ou conchas), formando determinado desenho. O objetivo do mosaico é preencher algum tipo de plano, como pisos e paredes.
A palavra "mosaico" tem origem na palavra
grega mouseîn, a mesma que deu origem à palavra música, que significa próprio das musas. É uma forma de arte decorativa milenar, que nos remete à época greco-romana, quando teve seu apogeu. Na sua elaboração foram utilizados diversos tipos de materiais e teve diferentes aplicações através dos tempos.
A técnica da arte musiva consiste na colocação de tesselas, que são pequenos fragmentos de pedras, como mármore e granito moldados com tagliolo e martellina, pedras semi-preciosas, pastilhas de vidro, seixos e outros materiais, sobre qualquer superfície. Nos dias de hoje, o mosaico ressurgiu, despertando grande interesse, sendo cada vez mais utilizado, artisticamente, na decoração de ambientes interiores e exteriores.
Em Portugal, destacam-se os mosaicos das ruínas romanas de Conímbriga, datados do século II d.C., além do "mosaico das musas", da villa romana de Torre de Palma (século II - IV d.C.), em Monforte, e os da villa romana de Milreu, no Distrito de Faro, no Algarve - belos exemplares decorativos da época romana.
Também são exemplos de mosaico o calçadão de Copacabana, a disposição dos pisos e azulejos de uma casa, até mesmo algumas gravuras do artista holandês M. C. Escher que tratam do preenchimento do plano.
História
O primeiro registro é encontrado há 3.500 anos A.C. na cidade de
Ur, região da Mesopotâmia. O Estandarte de Ur compõe-se de dois painéis retangulares de 55 cm, feitos de arenito avermelhado e lápis-lazúli. No antigo Egito havia preciosos trabalhos feitos em sarcófagos de antigas múmias; também havia mosaicos que decoravam colunas e paredes.
Entre os gregos, existiam pisos feitos com pedaços de mármore branco ou de cor, embutidos numa massa compacta em muito resistente. Um motivo que alcançou um certo sucesso na Grécia foi de pombas, conhecidas como "as passarinhos de
Plínio". Em Roma esta arte começou no I-º século A.C. e foi largamente usada em pisos, murais fontes e até painéis transportáveis. Em Pompéia especificamente, foi um viveiro de mosaicistas que desde os poderosos e os abastados até o povo em geral apreciavam esta arte. No período paleo-cristão abre-se para o mosaico uma nova era: a arte bizantina que é o verdadeiro triunfo das artes visuais do cristianismo. Combinando harmonicamente elementos ocidentais e orientais, deu origem a uma arte intelectualizada, onde o sentido de divino, de sobrenatural, manifestava-se através de um original abstracionismo. Nunca o mosaico teve tanto esplendor e foi tão largamente usado no mundo como nesse período. No mundo islamítico a arte do mosaico teve importante aplicação na ornamentação de edifícios e mesquitas. Um outro tipo de mosaico foi o de pequenas tesselas de madeira, usado para decoração de móveis, caixas e outros objetos. Eram também usados pedaços de marfim e madrepérolas. No século 19 cai quase em abandono. Os estetas subdividiram a produção artística em artes maiores (pinturas a óleo, afresco, têmpera e esculturas) e em artes menores (cerâmica, esmalte sobre metal, tapeçaria e o mosaico). Eles se esqueceram que o importante é o objetivo plástico. Mas o brilho de suas tesselas não foi apagado pelo tempo, se sentido de pintura do eterno, esperavam novamente o gênio e a mão do homem, para continuar a policromia narração do sentir humano. Na América Central que esta forma de decoração mais se difundiu, alcançando no eua e no Peru sujas mais perfeitas realizações. No período moderno o mosaico, arte mural por excelência, consegue a metamorfose: parede-cimento-pedra-cor. Com isto ele consegue harmonizar a arquitetura moderna.

Professora: Terezinha Matiello Boncoski Negri